Máquina Branca

O espetáculo apresenta a trajetória de uma mulher transexual professora desempregada que se hospeda na casa da irmã grávida no centro abandonado de São Paulo. O encontro entre as duas irmãs toma um rumo inesperado em um ambiente de disputas de poder, transfobia, racismo e opressão patriarcal.



Ficha técnica: Realização: Agrupamento Andar7 e Agrupamento Cynétiko | Concepção e Direção: Luciana Ramin e Otávio Oscar | Dramaturgia: Ave Terrena Alves | Elenco: Fábia Mirassos, Daíse Neves, Heron Sena e Felipe Stocco | Iluminação: Matheus Brant | Sonoplastia: Wilson Sukorski | Direção de Arte e Vídeos: Luciana Ramin | Co-realização: Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e do PROAC Editais



CLIPPING


https://medium.com/@ruinaacesa/transcriar-contextos-a-complexidade-para-além-das-expectativas-e804a74592a3


https://www.spescoladeteatro.org.br/?post_type=cartaz&p=39741


https://guia.folha.uol.com.br/teatro/dramacomedia/maquina-branca-sp-escola-de-teatro-sede-roosevelt-consolacao-2035044692.shtml